Atlético-PR cede empate e volta à zona de rebaixamento

Depois de abrir dois gols de vantagem sobre o lanterna do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR permitiu o empate por 2 a 2 contra o América-MG, neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba. O resultado colocou o time paranaense de volta na zona de rebaixamento, com 17 pontos, na 17ª colocação, e manteve os mineiros na última posição, com 13 pontos.

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

21 de agosto de 2011 | 20h10

Marcinho, a um minuto e Edigar Junio, aos 25, abriram o placar para o time da casa e Kempes, aos 28, também do primeiro tempo e André Dias, aos 27 da etapa final, empataram para os mineiros.

O América Mineiro entrou em campo em busca ao menos de um ponto, mas não teve tempo para respirar. A um minuto de jogo, Marcinho arrancou do meio de campo e sem marcação chutou cruzado. Contou com a colaboração de Neneca, que deixou a bola passar por baixo de seu corpo.

O Atlético dominava as ações e não encontrou dificuldade para ampliar. Usando a velocidade pelas laterais, aos 25, Paulinho lançou para Edigar Junio, que se antecipou à zaga e marcou o segundo gol.

O gol fez o time da casa aliviar a marcação e, aos 28 minutos, Rodriguinho avançou pela direita, chutou forte, e na rebatida de Renan Rocha, Kempes completou para as redes.

O América mineiro, mesmo sem mostrar grande futebol, voltou com mais disposição para a etapa final. O técnico Givanildo pediu aos seus alas para avançarem e a estratégia se mostrou acertada quando Marcos Rocha cruzou pela esquerda e Léo subiu de cabeça sem marcação para empatar.

No final da partida, Otávio quase marcou gol contra ao desviar um cruzamento de Wagner Diniz, mas Neneca salvou.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-PR 2 x 2 América-MG

Atlético-PR - Renan Rocha; Edílson (Wagner Diniz), Manoel, Fabrício e Paulinho; Wendel, Kleberson (Adailton), Cléber Santana e Marcinho; Madson (Fransérgio) e Edigar Junio. Técnico: Renato Gaúcho.

América-MG - Neneca, Micão, Gabriel e Otávio; Marcos Rocha, Dudu, Amaral, Gilson (Leandro Ferreira) e Rodriguinho (Netinho); Kempes e Fábio Júnior (André Dias). Técnico: Givanildo Oliveira.

Gols - Marcinho, a um minuto, Edigar Junio, aos 25, e Kempes, aos 28 minutos do primeiro tempo. André Dias, aos 27 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)

Cartões amarelos - Micão, Dudu, Gilson e Edilson.

Renda - R$ 177.110,00.

Público - 13.487 pagantes.

Estádio - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.