Atlético-PR conquista 3 pontos em Belém

O Paysandu mostrou nesta quarta-feira à noite em Belém, toda a sua fragilidade. Tomou um banho de bola do Atlético Paranaense, ao ser derrotado por 3 a 0. Jádson, Ilan e Ramalho marcaram os gols dos paranaenses. O Paysandu saiu decampo sob estrondosa vaia de sua torcida, quepediu a saída do treinador Artur Neto e a contratação dereforços. Até que o time paraense começou a partida atacando. O Atlético apenas se defendia. Os atacantes Zé Augusto e Maurílio concluíamna direção do gol, mas Diego, em noite inspirada,defendia tudo. Embora recuado, o Atlético vencia o duelo no meio-de-campo, tocando bem a bola. Na frente, Ilan e Dagoberto davam trabalho à zaga do time paraense, explorando o lado do fraco Alex Pinho, uma avenida pelo meio. A partir dos 30 minutos, os times criaram, cada um, duas oportunidades de mandar a bola para as redes. Marcão cabeceou e Júlio Santos salvou em cima da linha. Maurílio também mandou fora do alcance de Diego, mas Igor evitou o gol. Faltava mais garra e competência ao time da casa. A torcida do Paysandu sentiu isso na pele e vaiou o time na saída rumo ao vestiário. Aos três minutos do segundo tempo, o lateral RogérioSouza invadiu a área, driblou dois e quando ia finalizar para as redes foi puxado por Fabiano. O goleiro do Paysandu, Paulo Musse parecia, de joelhos e de costas para o campo, adivinhar o queiria acontecer: Rogério Souza telegrafou o chute no canto direito e Diego defendeu, mandando para escanteio. O time sentiu o peso da própria incompetência. O meia Jadson, aos 16, mostrou como se faz. Num contra-ataque, mandou para as redes de Paulo Musse: Atlético 1 a 0. Dois minutos depois, Jobson fez pênalti em André Luís. O atacanteIlan cobrou e fez o segundo dos paranaenses. O Paysandu se entregou com uma facilidade impressionante. Aos 33, aproveitando um cruzamento, Ramalho fechou o placar: 3 a 0.

Agencia Estado,

28 de abril de 2004 | 23h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.