Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Atlético-PR consegue empate com Chivas no México

O Atlético-PR conseguiu um bom resultado ao empatar, nesta quarta-feira, por 2 a 2, com o Chivas, no Estádio Jalisco, em Guadalajara, no México, na primeira partida das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. O time paranaense atuou com os reservas, pois os titulares ficaram treinando para o clássico contra o Coritiba, domingo, visando afastar-se das proximidades da zona de rebaixamento do Brasileirão. No segundo jogo contra o Chivas, terça-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, até um empate por 1 a 1 garante a classificação paranaense.Antes de viajar para o México, o atacante Pedro Oldoni tinha prometido que todos os jogadores dariam o máximo para vencer o adversário e tentar conquistar um lugar no time titular. Ele fez o serviço logo no início. A um minuto, depois de rebote do goleiro, a bola sobrou para o atleticano tocar para o gol. Mas o Chivas não demorou para acertar o passo. Aos seis minutos, Arellano aproveitou o rebote do goleiro Vinícius para empatar.O time mexicano, impulsionado pela torcida, sentiu que podia virar o placar e foi com tudo para cima. Os brasileiros trataram, então, de fechar o caminho do adversário, passando a explorar os contra-ataques. O jogo ficou bastante movimentado, com o Chivas tendo mais presença ofensiva, mas sem lances claros de gol.A conversa no vestiário não ajudou o Atlético, que voltou sem o mesmo poder de marcação para o segundo tempo e sem qualquer iniciativa ofensiva, demonstrando satisfação com o empate. O Chivas foi crescendo e mantinha o domínio. Quando o time mexicano estava perto de fazer o segundo, o Atlético mandou a primeira bola do segundo tempo em direção ao gol do Chivas, aos 14 minutos, em forte cobrança de falta de Antônio Carlos, e foi feliz.Mas, como aconteceu no primeiro tempo, a desatenção dos defensores atleticanos foi fatal. Três minutos depois, Marco Fabián acertou o cruzamento e Medina empatou. Com o objetivo de vencer para ter uma folga no jogo de volta, o Chivas passou a forçar no ataque e contou com a ajuda atleticana, que se retrancou totalmente, mas foi a vez de o goleiro Vinícius aparecer, com pelo menos duas defesas salvadoras.Ficha Técnica:Chivas 2 x 2 Atlético-PRChivas - Rodriguez; Mejia (Marco Fabián), Reynoso e Magallón; Olvera, Araujo, Pineda, Ramon Morales (Ávila) e Esparza (Medina); Santana e Arellano. Técnico: Efrain Flores.Atlético-PR - Vinícius; Alex Fraga, Antônio Carlos e Chico; Rodriguinho, Alan Bahia, Renan (Douglas Maia), Julio dos Santos (Gabriel Pimba) e Márcio Azevedo; Pedro Oldoni e Anderson Aquino. Técnico: André Souto.Gols - Pedro Oldoni a 1, e Arellano, aos 6 minutos do primeiro tempo; Antônio Carlos aos 14, e Medina, aos 17 do segundo tempo.Cartões amarelos - Rodriguinho, Alan Bahia, Anderson Aquino, Vinícius (Atlético-PR), Reynoso e Mejia (Chivas). Árbitro - Carlos Galeano (Fifa-PAR).Renda e público - Não disponíveis.Local - Estádio Jalisco, em Guadalajara (México).

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

25 de setembro de 2008 | 00h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.