Atlético-PR demite treinador

O clássico Atle-tiba continua fazendo vítimas. Desta vez foi o treinador do Atlético Paranaense, Casemiro Mior, demitido em razão da derrota por 1 a 0 na primeira partida da final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba. Na quinta-feira, contra o América de Cali, pela Libertadores da América, e possivelmente na partida decisiva do Paranaense, domingo, ambas na Arena da Baixada, o time será comandado pelo auxiliar Lio Evaristo. As especulações sobre o nome de Paulo Bonamigo vêm crescendo.Apesar de desconhecido da torcida brasileira e mesmo sob críticas da imprensa de Curitiba, que preferia um treinador com mais experiência principalmente para conduzir o time no torneio sul-americano, a diretoria apostou em Mior. As apresentações medíocres do time na maioria dos 16 jogos comandados por ele foram relevadas, porque conseguiu 9 vitórias, 5 empates e apenas 2 derrotas. Mas depois da derrota de domingo para o maior rival, os diretores reuniram-se e optaram por mandá-lo embora."O resultado de ontem (domingo) não poderia ter ocorrido da maneira como aconteceu. Enfrentamos uma equipe que, embora tradicional, não tem as mesmas virtudes que deveria ter o nosso elenco", justificou o presidente do clube, João Augusto Fleury da Rocha. "O resultado foi a somatória de uma série de equívocos que avaliamos e entendemos que poderão ser superados a partir dessas mudanças que realizamos agora."Ele não adiantou quem será o novo treinador, argumentando que os diretores ainda estão estudando o mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.