Atlético-PR deve ter força máxima contra o Botafogo

O técnico Antônio Lopes só deve confirmar a escalação do Atlético Paranaense contra o Botafogo, quarta-feira, no Engenhão, pela Copa Sul-Americana, momentos antes da partida. No entanto, se utilizar o treino desta terça-feira como base, ele deve praticamente repetir a escalação da partida contra o Atlético Mineiro, no domingo.

AE, Agencia Estado

15 de setembro de 2009 | 21h21

A única mudança seria o retorno de Rafael Miranda, emprestado pela equipe mineira, que não pôde jogar domingo por conta de uma cláusula no contrato. Assim, o volante deve ajudar a compor o meio com Valência e Paulo Baier.

Para a partida contra o Botafogo, o técnico Antônio Lopes quer uma postura ofensiva, mesmo que o Atlético Paranaense se classifique com qualquer empate com gols - o jogo de ida, na Arena da Baixada, terminou 0 a 0. "Precisamos buscar o gol, o mais interessante no futebol é sempre a vitória. Então vamos ser ofensivos, trabalhando bem a bola, mas sempre tendo as devidas precauções defensivas", disse.

O Atlético Paranaense treinou nesta terça-feira com: Galatto; Manoel, Nei e Chico; Wesley, Valencia, Rafael Miranda, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Alex Mineiro e Wallyson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.