Atlético-PR e Coritiba fazem o clássico dos extremos na Arena da Baixada

Atlético Paranaense e Coritiba entram na Arena da Baixada neste domingo, em Curitiba, a partir das 16 horas, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, em situações totalmente opostas. O 326.º clássico da história entre as duas equipes tradicionais do Paraná traz o time rubro-negro brigando pela ponta da competição e o rival tentando abandonar a todo custo a zona do rebaixamento.

Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 08h20

Os dois clubes promoveram na última sexta-feira, na Arena da Baixada, uma coletiva conjunta às vésperas de mais um Atletiba. A entrevista contou com a participação dos presidentes, técnicos e capitães dos dois clubes. Estreante no clássico paranaense, o técnico Milton Mendes parabenizou as equipes pela iniciativa e projetou a partida pelo Brasileirão.

"É o meu primeiro Atletiba. Realmente é uma expectativa boa. Temos atravessado um bom momento e queremos manter isso. Temos a nossa forma de trabalhar, nosso modelo de jogo e temos trabalhado muito em cima dele", disse o treinador do Atlético. "Temos o nosso modelo de jogo e nós não abriremos mão disso", complementou Milton Mendes, que espera que o bom momento dos atletas de sua equipe tenha continuidade. "A nossa expectativa é muito grande em relação ao desempenho dos nossos jogadores. Esperamos que eles consigam se manter no mesmo nível dos outros jogos", destacou.

Para o Atletiba, o técnico do Atlético não poderá contar com o meia Nikão, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida diante do Grêmio, no último domingo. "O Nikão vinha jogando bem. Mas como o Atlético tem um grupo bom de jogadores, o atleta que entrar no lugar do Nikão vai corresponder. Todos têm trabalhado bem e à espera de uma oportunidade.", ressaltou Milton Mendes.

Do lado do Coritiba, Ney Franco também mostrou motivação. Após participar da coletiva de imprensa, o treinador comandou mais uma sessão de treinamentos para o clássico de domingo. O frio não foi capaz de desanimar os atletas que seguem com foco total na partida. No treinamento, uma atividade tática foi realizada. O técnico avaliou as possíveis formações do grupo e iniciou o treino projetando a possível equipe para o jogo.

No decorrer dos treinamentos, Ney Franco analisou bem todas as possibilidades e promoveu modificações na equipe com a entrada de Kleber, atacante que pode fazer a sua estreia, Esquerdinha e Ivan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.