Atlético-PR e Coritiba vencem no fim

Os clubes da capital confirmaram seu favoritismo e venceram na segunda rodada da segunda fase do Campeonato Paranaense e lideram seus grupos. O Atlético foi a Apucarana e venceu o Roma por 2 a 1, enquanto oCoritiba jogou em Paranaguá e derrotou o Rio Branco também por 2 a 1. O destaque negativo ficou por conta da agressão do prefeito de Paranaguá e presidente do Rio Branco, Mário Roque, ao presidente do Coritiba, Giovani Gionédis, com uma garrafada após o final da partida. Apesar dos resultados positivos, Coritiba e Atlético marcaram seus gols nos finais das partidas. Capixaba e Miranda, aos 43 minutos do segundo tempo, marcaram para o Coritiba e Júnior Gaúcho descontou para o Rio Branco. O Atlético venceu com um gol de pênalti convertido pelo atacante Washington, aos 44 minutos da etapa final. A partida em Paranaguá foi bem disputada desde o início. O Coritiba tentava manter os 100% de aproveitamento e colocou pressão nos primeiros minutos. A equipe saiu na frente com um gol de Capixaba, mas cedeu espaço para o time da casa empatar com Júnior Gaúcho. No segundo tempo, o Coritiba continuou com um futebol burocrático, sem inspiração, mas Miranda aproveitou um escanteio e decretou a vitória. No final da partida, o prefeito de Paranaguá, Mário Roque, acertou uma garrafada no presidente do Coritiba, Giovani Gionédis e iniciou uma confusão que se espalhou por todo o gramado. "Ele é um safado, que precisa ter respeito pelo povo daqui", disse Roque, que alegou ter sido provocado pelos dirigentes alviverdes durante a partida. O vice-presidente do Coritiba, Domingos Moro, decretou o fim da parceria com o clube do litoral após as agressões. "Não podemos permitir isso. Nenhum jogador do Coritiba vai permanecer no Rio Branco quando encerrar o contrato." A rodada também teve Iraty 4 x 1 Malutrom, Cianorte 1 x 0 União Bandeirante, Francisco Beltrão 0 x 2 Londrina e Adap 2 x 3 Paranavaí. Pelo "Torneio da Morte", que indicará as duas equipes a serem rebaixadas, o Nacional venceu o Paraná por 3 a 1 e o Grêmio Maringá decepcionou sua torcida e perdeu em casa para o Prudentópolis por 1 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.