Atlético-PR empata com gol inexistente

O Atlético Paranaense fez uma das piores partidas nos últimos tempos e conseguiu um empate por 2 a 2 contra o lanterna Império, neste domingo, na Arena da Baixada, somente porque o juiz José Francisco de Oliveira validou um gol em que a bola não entrou. Aos 26 minutos do segundo tempo Willian entrou na área e desviou a bola que passou rente à trave, batendo nas placas e voltando para balançar a rede. O jogador deu um soco no chão e colocou as mãos na cabeça, lamentando, enquanto o gandula jogou outra bola para ser reposta pelo goleiro, mas o juiz anotou gol de empate. Os gols do Império foram marcados por Rodrigo e Viola, enquanto Baloy havia descontado.Com o resultado, o Atlético manteve a liderança do Grupo B do Campeonato Paranaense, com 15 pontos e o Império ficou com 2. No mesmo grupo o Iraty (2.º) empatou com o Nacional (6.º) por 2 a 2, o Paranavaí (4.º) venceu o Malutrom (7.º) por 4 a 2, enquanto o Francisco Beltrão (3.º) venceu o Londrina (5.º) por 2 a 1. No Grupo A, o Paraná Clube voltou a ser derrotado. Desta vez pelo Roma (4.º colocado) por 1 a 0 e está na 6ª colocação. A liderança é do Coritiba, que empatou por 1 a 1 com o Engenheiro Beltrão (7.º). Nos outros jogos o Cianorte (3.º) perdeu para o Rio Branco (5.º) por 1 a 0 e a Adap (2.º) empatou com o União Bandeirante (8.º) por 1 a 1.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2005 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.