Atlético-PR encara o Avaí para se livrar matematicamente do rebaixamento

O Atlético Paranaense enfrenta o Avaí neste sábado, às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, para se livrar matematicamente do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Faltam cinco jogos para o término da competição e a equipe rubro-negra ocupa o 13.º lugar com 43 pontos, nove à frente do Goiás e do Coritiba, 17.º e 18.º colocados.

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2015 | 07h32

O adversário deste sábado também luta contra a degola e vive situação mais preocupante, pois está na 16.ª posição com 35 pontos, somente um a mais que os primeiros do grupo que disputará a Série B em 2016. Por isso, o técnico Cristóvão Borges espera uma partida complicada. "Temos que ter muita atenção e cuidado, porque será um adversário duríssimo. Procuramos trabalhar para que a equipe jogue da mesma forma dentro e fora de casa. Nesse momento, jogando em casa, vamos fazer um jogo lúcido, mas sempre em busca da vitória", avaliou.

O Atlético volta a atuar na Arena da Baixada após três partidas fora de casa - duas pelo Brasileirão e uma pela semifinal da Copa Sul-Americana. Para o duelo que marca o retorno a Curitiba, o treinador não poderá contar com o zagueiro Kadu, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o meia Marcos Guilherme, expulso no empate sem gols com a Chapecoense na última rodada.

Ainda não terá o lateral-direito português Bruno Pereirinha e o volante Douglas Coutinho, que se recuperam de lesões. A boa notícia é o retorno do atacante Walter, que estava suspenso, e deve ser o único atacante entre os titulares.

O meio de campo, assim como na rodada passada, estará reforçado por cinco jogadores. Apesar de não confirmar a escalação, é provável que Daniel Hernández substitua Marcos Guilherme e que Wellington entre na zaga no lugar de Kadu.

Mais conteúdo sobre:
futebol Brasileirão Atlético-PR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.