Atlético-PR espera deixar a zona de rebaixamento

O Atlético Paranaense enfrenta o São Paulo neste sábado, a partir das 18h30, no Morumbi, com o objetivo de, pelo menos até o término desta 16.ª rodada, figurar pela primeira vez fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time está na penúltima colocação, com apenas 12 pontos, mas há um entusiasmo nos jogadores em razão de terem conseguido sete dos últimos nove pontos disputados.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

13 de agosto de 2011 | 07h57

Depois do São Paulo, o Atlético terá três jogos seguidos em Curitiba: contra Cruzeiro e América-MG, ambos na Arena da Baixada, e o clássico diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira. "A gente planeja começar o segundo turno fora da zona do rebaixamento", disse o lateral Edilson, um dos titulares do time do técnico Renato Gaúcho.

Para o jogo deste sábado, Renato Gaúcho tem dois desfalques no mesmo setor. Os volantes Kleberson e Cleber Santana estão fora, ambos por causa do terceiro cartão amarelo. E Cleber Santana não poderia atuar, mesmo que não estivesse suspenso, devido a uma cláusula contratual, pois os direitos federativos dele pertencem ao São Paulo.

"Com um elenco reduzido, perder tantos jogadores no mesmo setor é complicado, mas não adianta lamentar", disse Renato Gaúcho, que tem as opções de Wendel, Fransergio e Robston para compor o setor. Wendel é o que tem sido mais aproveitado pelo treinador e deve estar em campo. A outra vaga fica entre Fransergio, se ele optar por um time mais marcador, ou Robston, caso queira um jogador com mais mobilidade no ataque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.