Atlético-PR estréia na Libertadores

O Atlético Paranaense estréia nesta terça-feira, às 21 horas, no estádio Joaquim Américo, em Curitiba, contra o Bolívar, campeão boliviano, na Copa Libertadores da América. Essa é a segunda participação dos paranaenses na competição. Em 2000, o time foi eliminado nos pênaltis pelo Atlético Mineiro, após terminar a primeira fase como líder do seu grupo.Com "status" de campeão brasileiro, o time treinado por Geninho não contará os zagueiros Gustavo, que recupera a forma física; Nem, que operou o joelho e deve ficar fora 20 dias; Flávio Luiz, lesionado, e Kleberson, que está na seleção brasileira. Igor, Wellington Paulo, Fabrício e Cocito entram em seus lugares.Campeão da Libertadores em 1997 pelo Cruzeiro, o atacante Alex Mineiro aposta no conjunto da equipe para realizar uma boa campanha neste ano. "A base da equipe não foi muito alterada e isso ajuda bastante", afirmou.Em 2000, a equipe disputou sete partidas e venceu cinco, empatou uma e perdeu outra. O time foi desclassificado após perder por 5 a 3 para o Galo Mineiro na cobrança de pênaltis. Neste ano, além de Bolívar; América de Cali (Colômbia) e Deportivo Olmedo (Equador) completam o Grupo 4. BOLÍVAR - O técnico Vladimir Soria decidiu adotar uma posição claramente defensiva para esta partida. Jogará com três zagueiros, mas os laterais estarão proibidos de apoiar o ataque. No miolo da zaga, vai escalar jogadores altos, numa tentativa de evitar gols de cabeça. Além disso, pretende colocar jogadores de forte marcação à frente da zaga. Fernández deverá ser o goleiro; Sandy, Lígori e Sánchez formarão o trio de zagueiros e Gatti Ribeiro e Colque serão os alas. O setor de meio-campo, deverá ser formado por Olivares, Tufiño e Guiberguis e o ataque terá Botero e Galindo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.