Atlético-PR ganha do Flu de virada

As estrelas dos atacantes do Atlético Paranaense, Lima e Caetano, brilharam hoje à noite na Arena da Baixada, em Curitiba, na vitória por 3 a 2 sobre o Fluminense. Lima não estava bem, reclamando de um inchaço no joelho, e demorou para se encontrar em campo. Quando conseguiu deixou duas marcas no gol defendido por Kléber. Ele saiu, mas entrou Caetano, que decidiu o jogo. Com a terceira vitória consecutiva, o Atlético soma 12 pontos. O Fluminense permanece com 23 pontos. O jogo agradou às mais de 10 mil pessoas que desafiaram o frio. As duas equipes mostraram bom poder de marcação e, sobretudo, velocidade no ataque. Com os dois laterais adiantados, o Fluminense iniciou o jogo com mais perigo e chegou ao primeiro gol aos 19 minutos, quando Gabriel recebeu a bola na entrada da área e fuzilou. O Atlético ia bem até próximo da área adversária, mas encontrava o lento Lima. Tanto que o técnico Antonio Lopes mandou Caetano se aquecer. Quando o jogador estava pronto para entrar, veio a reviravolta. Aos 26 minutos, Lima pegou rebote do goleiro e empatou. Doze minutos depois, o mesmo jogador, de cabeça, colocou o Atlético na frente. O jogo ficou aberto no segundo tempo. O Atlético tentou fortalecer o setor de marcação, mas quem passou a dominar o meio de campo foi o Fluminense e, com isso, também era quem chegava com mais frequência ao ataque, pressionando o time da casa. Deu resultado. Aos 37 minutos, Igor subiu sozinho e empatou. Mas dois minutos depois, Caetano, que entrara no lugar de Lima, garantiu a vitória atleticana, completando de cabeça uma cobrança de escanteio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.