Atlético-PR goleia Juventude e vence na Arena após 2 meses

Time de Antônio Lopes faz 4 a 0 nos gaúchos e se afasta da zona de rebaixamento do Brasileirão

Evandro Fadel, especial para o Estadão,

18 de julho de 2007 | 23h01

No dia em que completava dois meses de sua última vitória na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense fez a torcida comemorar novamente ao golear o Juventude por 4 a 0, na noite desta quarta-feira. Com 16 pontos, o time começa a se afastar da zona de rebaixamento, mas a situação do Juventude continua difícil, com 11 pontos.Veja também: A classificação da Série A do BrasileirãoO Atlético prestou homenagem às vítimas do acidente com o avião da TAM entrando em campo com uma faixa preta. Na próxima rodada, os paranaenses vão a Natal enfrentar o América-RN, enquanto o Juventude recebe o Internacional.O Atlético entrou com muita disposição e não demorou muito para fazer o torcedor vibrar. Ferreira foi barrado com falta dentro da área e, na cobrança do pênalti, aos 8 minutos, Alex Mineiro conseguiu vencer o goleiro Michel. Depois do gol, o time acomodou-se e permitiu que o Juventude dominasse o meio-de-campo. No entanto, como os dois times privilegiavam a marcação, os jogadores de ataque apenas corriam, sem levar perigo para os goleiros.O time da casa repetiu o ímpeto inicial ao retornar do intervalo e, aos 5 minutos, Jancarlos acertou um forte chute para marcar o segundo. Com ele, veio também a tranqüilidade e as jogadas passaram a ser mais organizadas, sobretudo depois que Ivo foi expulso, aos 9 minutos. O Juventude perdeu o meio-de-campo e o Atlético não teve mais dificuldades. Aos 23 minutos, Dinei escorou um cruzamento e mandou para as redes. Três minutos depois foi a vez de Evandro marcar o dele, após receber bom passe de Ferreira.ATLÉTICO PARANAENSE 4 x 0 JUVENTUDEAtlético-PR - Guilherme; Jancarlos, Danilo, Gustavo e Edno; Alan Bahia, Roberto     (Erandir), Ferreira e Dinei; Alex Mineiro (Pedro Oldoni) e Marcelo (Evandro). Técnico: Antônio Lopes.Juventude - Michel Alves; Barão, Wescley, Gilvan (Cedrola) e Zé Rodolpho (Márcio); Marcão, Júlio César    , Renato e Beto; Ivo         e Daniel (Guilherme). Técnico: Flávio Campos.Gols - Alex Mineiro aos 8 minutos do primeiro tempo; Jancarlos aos 6, Dinei aos 23 e Evandro aos 26 do segundo.Juiz - Rodrigo Martins Cintra (SP).Renda - R$ 92.820,00.Público - 4.243 pagantes.Local - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.