Atético-PR/Divulgação
Atético-PR/Divulgação

Atlético-PR marca no fim, vence e amplia crise da Lusa

Há cinco jogos sem vencer, Portuguesa frequenta a zona de rebaixamento do Brasileirão

AE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 20h57

SÃO PAULO - A Portuguesa segue seu calvário no Campeonato Brasileiro. Após fazer grande primeiro tempo, a Lusa caiu de rendimento na segunda etapa e chegou à quarta derrota seguida ao perder para o Atlético-PR, por 3 a 2, no Estádio do Canindé, em São Paulo, na noite deste sábado, pela nona rodada do Brasileirão. O gol da vitória dos paranaenses veio aos 46 minutos, deixando a derrota ainda mais dolorida para os paulistanos.

Além da quarta derrota, o Lusa chegou ao quinto jogo sem vitória. Com isto, o time frequenta a zona de rebaixamento, com sete pontos, na penúltima posição. O Atlético-PR, por sua vez, vai dormir fora da degola com nove pontos. Os paranaenses, porém, podem voltar caso Fluminense, Flamengo e São Paulo vençam neste domingo.

Mesmo jogando fora de casa foi o Atlético-PR quem abriu o placar. Logo aos 7 minutos, o zagueiro Manoel aproveitou desvio em cruzamento de Paulo Baier e mandou para o fundo do gol. Apesar o começo ruim, a Portuguesa não desanimou. Os atacantes Gilberto e Bruno Moraes se movimentavam bastante e criaram chances de gol.

Weverton precisou trabalhar para evitar o empate em finalizações da dupla. Aos 12 minutos, o goleiro não conseguiu evitar o gol. Após cobrança de escanteio, Moisés Moura subiu mais que todo mundo e testou firme para empatar. A força de ataque seguia intensa e os donos da casa conseguiram a virada. Bruno Moraes tomou um "rapa" de Manoel dentro da área. Pênalti. Na cobrança, Gilberto bateu no centro do gol e colocou os donos da casa na frente.

No começo do segundo tempo, a Lusa carimbou o travessão de Weverton com Souza. Logo em seguida, o meia cometeu falta dura, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Com um a menos, o time paulistano sofreu pressão e acabou sofrendo o gol de empate. Aos 18 minutos, Marcelo fez jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Dellatorre, que mandou para o fundo das redes.

Apesar da pressão, a Lusa conseguiu se segurar por um tempo, mas acabou sofrendo o gol da derrota aos 46 minutos. Léo fez jogada individual pelo lado direito e bateu de perna esquerda. A bola encobriu o goleiro Lauro, tocou no travessão e pingou perto da linha. Para não deixar dúvidas, Paulo Baier mandou para as redes de pé direito, mas a arbitragem confirmou Léo como autor do gol da vitória.

Os dois times voltam a campo neste meio de semana. Na próxima quarta-feira, a Portuguesa recebe o Criciúma, às 19h30, novamente no Estádio do Canindé, em São Paulo. No mesmo dia e horário, o Atlético-PR encara o Atlético-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA 2 X 3 ATLÉTICO-PR

PORTUGUESA - Lauro; Corrêa, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Bruno Henrique, Souza e Cañete (Jean Mota); Gilberto (Matheus) e Bruno Moraes (Neílson). Técnico - Edson Pimenta.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Juninho (Elias), Bruno Silva, Paulo Baier (Jonas) e Zezinho; Marcelo e Éderson (Dellatorre). Técnico - Vágner Mancini.

GOLS - Manoel, aos 7, Moisés Moura, aos 12, e Gilberto, aos 21 minutos do primeiro tempo; Dellatorre, aos 18, e Léo, aos 46 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Fabrício Neves Correa (RS).

CARTÕES AMARELOS - Rogério (Portuguesa); Luiz Alberto e Manoel (Atlético).

CARTÃO VERMELHO - Souza (Portuguesa).

RENDA - R$ 37.070,00.

PÚBLICO - 1.458 pagantes.

LOCAL - Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.