Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Atlético-PR: obras quase no fim

A diretoria do Atlético-PR espera entregar ainda nesta segunda-feira os 16 mil novos lugares na Arena da Baixada e com isso garantir a final da Libertadores para a cidade de Curitiba. De acordo com a assessoria de imprensa do clube paranaense, as obras estão em fase de finalização e a expectativa é que sejam concluídas até o início da noite. De acordo com a assessoria, representantes do CREA já estiveram no estádio e teriam dado parecer positivo para a realização da partida. Ainda hoje à tarde, equipes do Corpo de Bombeiros deverão realizar uma vistoria. Enquanto isso, três dirigentes do clube estão em Assunção, tentando convencer a Conmebol a liberar o estádio para o jogo contra o São Paulo.O Atlético-PR inicou na noite de sexta-feira uma corrida contra o tempo. Ao ser informado que a Arena da Baixada estava vetada para a final por não possuir os 40 mil lugares exigidos pelo regulamento, o clube tomou uma decisão ousada. Colocou 100 homens para trabalhar ininterruptamente desde então e em menos de três dias levantou uma arquibancada tubular e ampliou para 41 mil a capacidade do estádio. A Conmebol já adiantou que não iria aceitar o estádio como sede do primeiro jogo da final e nesta segunda-feira confirmou que a partida será realizada no estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. Os paranaenses, no entanto, acreditam que podem convencer a entidade a mudar de idéia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.