Atlético-PR promete marcar forte

Os meias Marcelinho e Ricardinho são as principais preocupações do Atlético Paranaense no jogo desta quinta-feira, no Pacamebu, contra o Corinthians, em horário ainda ignorado, por causa da suspensão do fornecimento de energia elétrica para a realização de eventos esportivos noturnos. "Nós precisamos apresentar uma marcação muito forte, principalmente sobre os dois", disse o técnico Flávio Lopes. Ele esteve domingo em São Paulo para assistir ao jogo entre Corinthians e Santos. "O Corinthians demonstrou ser uma equipe muito rápida e muito entrosada", avaliou. Classificado para as finais do Campeonato Paranaense, o Atlético terá dois desfalques importantes para o jogo de amanhã. O meia Adriano foi expulso na partida contra a Portuguesa, enquanto o atacante Alex Mineiro recebeu o terceiro cartão amarelo. Para complicar ainda mais, o atacante Zé Afonso contundiu-se no jogo de sábado, contra o Malutrom. Adauto será o companheiro de Kléber. Para substituir o meia-atacante Adriano, o técnico optou pelo volante Douglas. "Ficará uma equipe mais de marcação", diz o também volante Valdir. "Mas vamos ter que conversar para a gente sair mais, porque se ficar muito lá atrás, vai tomar sufoco os 90 minutos." A estratégia de Flávio Lopes é anular as jogadas corintianas no meio-de-campo e partir para o contra-ataque. "Não vou a São Paulo só para me defender", avisa. "Vamos tentar neutralizar os espaços e ir com força para o ataque."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.