Atlético-PR quer vitória contra Coritiba para se acalmar

O Atlético Paranaense deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro para assumir uma posição no pelotão intermediário após a chegada do técnico Waldemar Lemos, mas a derrota para o Santo André na quarta-feira, por 1 a 0, deixou o time novamente em situação perigosa.

AE, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 17h28

Com onze pontos, o clube está em 14º, mas apenas com três a mais do que o lanterna Náutico, que joga nesta quinta-feira. Para se firmar longe da zona de rebaixamento, o volante Chico quer uma vitória no clássico contra o Coritiba, domingo, na Arena da Baixada.

"O clássico é diferente. Mexe com a cidade e com as torcidas. Sabemos que um resultado positivo traz mais tranquilidade e é atrás disso que vamos", afirmou o jogador, que falou também sobre a importância da força de vontade em uma partida como essa. "O mais importante não é o esquema e sim a doação. Cada um tem que ver o que fazer para ficarmos mais fortes em campo", complementou Chico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.