Atlético-PR recebe Palmeiras em duelo 'quente'

O técnico Leandro Niehues manteve o mistério sobre a formação do Atlético-PR para enfrentar o Palmeiras nesta quarta-feira, a partir das 21h50, na Arena da Baixada, em Curitiba. Mas uma coisa já ficou clara: o time paranaense encara esse jogo como um verdadeira final de campeonato.

EVANDRO FADEL, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 09h02

Depois de ter perdido por 1 a 0 para o Palmeiras, semana passada, no Palestra Itália, o Atlético-PR precisa da vitória nesta quarta-feira para ir às quartas de final da Copa do Brasil. Além disso, o confronto ganhou um ingrediente explosivo, após a polêmica envolvendo o palmeirense Danilo e o atleticano Manoel.

Apesar da troca agressões no jogo de ida, Danilo e Manoel estarão em campo nesta quarta-feira, o que abre a possibilidade de nova confusão. A torcida do Atlético-PR, por exemplo, já avisou que irá protestar contra o zagueiro do Palmeiras, que fez ofensas raciais ao zagueiro atleticano no Palestra Itália.

Enquanto isso, Leandro Niehues tenta encontrar a melhor formação para conseguir vencer o Palmeiras na Arena da Baixada. Seu maior problema é a ausência do meia Paulo Baier, que é o principal jogador do time e está suspenso. A tendência é que Netinho ganhe a vaga de titular. Já o lateral Lisa, que veio do Operário (PR), deve estrear.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.