Atlético-PR receita cautela para enfrentar Palmeiras

O Atlético-PR deve aplicar a cautela nesta quinta-feira, contra o Palmeiras, às 19h30, no Palestra Itália, na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. "Se você vem com um resultado ruim já vem com a pressão de reverter isso em casa", destacou o técnico do time paranaense, Leandro Niehues. "Como é um jogo de 180 minutos temos que saber atacar e defender, sempre com equilíbrio."

EVANDRO FADEL, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 07h33

Na formação do time, Leandro Niehues deixou apenas a indefinição sobre quem atuará ao lado do atacante argentino Javier Toledo. O titular Bruno Mineiro não conseguiu se recuperar de uma contusão e ficou em Curitiba. Assim, o atacante Patrick e o meia Netinho ficam de prontidão para serem aproveitados, dependendo da forma como o técnico optar por armar o time, com mais poder ofensivo ou com mais segurança no meio-de-campo.

Em clima de decisão, o Atlético-PR vive uma das semanas mais importantes do ano. Além da partida desta quinta-feira na Copa do Brasil, terá o clássico contra o Coritiba, no domingo, quando o título do Campeonato Paranaense estará em jogo. "É uma semana importante e a gente está trabalhando para que possa começar bem já neste jogo contra o Palmeiras", afirmou o meia Paulo Baier.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilAtlético-PR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.