Atlético-PR tenta manter o embalo diante do Náutico

Embalado pela importante vitória sobre o São Paulo na última rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Náutico neste sábado, a partir das 18h30, no estádio dos Aflitos, no Recife. E a meta do time paranaense é somar mais um resultado positivo para se afastar da zona de rebaixamento do Brasileirão - está com 27 pontos, em 13.º lugar.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

29 de agosto de 2009 | 08h26

"É uma parada difícil, porque, principalmente em seu reduto, o Náutico sempre joga muito bem, sempre se torna um adversário quase imbatível", afirmou o técnico do Atlético, Antônio Lopes.

A dificuldade é ainda maior porque o Atlético não poderá contar com o meia Paulo Baier, que vem sendo decisivo para o time. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo e fica fora, assim como o volante Valencia. Antônio Lopes definiu que Marcinho será recuado para tentar fazer a função que era de Paulo Baier, entrando Alex Mineiro no ataque.

Para o lugar de Valencia, a disputa fica entre Renan e Fransergio, que jogou como zagueiro contra o São Paulo. Na defesa, porém, Nei volta após cumprir ao time após cumprir suspensão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.