Atlético-PR tenta reverter má fase contra Chapecoense

Miguel Ángel, técnico do time paranaense, deve montar um time mais ofensivo para a partida

Júlio César Lima, Agência Estado

18 de maio de 2014 | 07h05

CURITIBA - O Atlético Paranaense quer se recuperar das três últimas derrotas (uma delas no jogo teste da Arena da Baixada, no meio da semana) e iniciar uma recuperação diante da Chapecoense, neste domingo, às 16 horas, no estádio Willie Davids, em Maringá (PR), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com apenas quatro pontos, a equipe iniciou a rodada na 14.ª colocação e os três pontos podem dar mais tranquilidade à equipe antes da parada para a Copa do Mundo.

Para reverter essa tendência, o técnico Miguel Ángel Portugal deve colocar uma equipe um pouco mais ofensiva. "Temos que sair desde o início do jogo com toda intensidade, ritmo e velocidade que este time tem", comentou o treinador.

Segundo ele, mesmo com a equipe catarinense na zona de rebaixamento é necessário cuidado. "Nenhum time é fácil. Mas esta partida contra a Chapecoense é uma que temos que ganhar. São três pontos muito importantes. Então, a nossa mentalidade é ganhar", enfatizou.

"O nosso time base não vai mudar muito", afirmou Miguel. "Vamos esperar pelo Marcelo. Ele foi poupado do treino, mas acho que para a partida vai estar bem. Quanto ao Dráusio (que pode voltar para a zaga, no lugar de Léo Pereira), ainda vamos ver. O time tem crescido pouco a pouco e acho que está cada vez mais ''encaixado''. Temos que ter um pouco de paciência, ver as coisas positivas (que o time tem feito)", informou ao site oficial do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAtlético-PR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.