Atlético-PR tropeça em casa contra o Internacional

O Atlético Paranaense falhou novamente, dentro da Arena da Baixada, e permitiu o empate do Internacional, por 1 a 1, depois de ter saído à frente no placar. É o quarto empate em casa no campeonato. O resultado deixa o time paranaense com 13 pontos e próximo da zona de rebaixamento, o que levou a torcida a reclamar muito contra o técnico Roberto Fernandes. O Internacional ficou com 15 pontos. Com forte marcação no meio-de-campo e muitos erros de passe, o jogo não agradou no primeiro tempo. No Internacional, a busca pelo ataque era muito esporádica. Até mesmo o lateral Marcão, normalmente boa alternativa de jogadas laterais, ficava preso em sua defesa, como se fosse um terceiro zagueiro, embora isso não fosse necessário, porque no Atlético nem Ferreira nem Joãozinho, que estavam escalados como atacante, ficavam como opção de jogada nas proximidades da área adversária. Tanto que novamente as iniciativas de ataque eram do volante Alan Bahia.O Atlético voltou melhor para o segundo tempo, empurrando o Internacional para o campo de defesa. Mas os atacantes ainda continuam sem inspiração no último chute. Por isso, o gol acabou acontecendo em um pênalti, cobrado com força e precisão por Alan Bahia aos 13 minutos. Depois do gol, o Internacional decidiu partir também para o ataque e conseguiu o empate aos 36 minutos. A defesa atleticana falhou na marcação de Índio e o zagueiro mandou para o gol. Ficha TécnicaAtlético Paranaense 1 x 1 InternacionalAtlético Paranaense - Galatto; Chico, Rhodolfo e Antonio Carlos; Douglas Maia (Willian), Alan Bahia, Valencia, Júlio dos Santos e Márcio Azevedo; Joãozinho (Renan/Pedro Oldoni) e Ferreira. Técnico - Roberto Fernandes.Internacional - Renan; Ricardo Lopes, Índio, Danny Moraes e Marcão; Edinho, Magrão (Andrezinho), Maycon (Ramon) e Taison (Adriano); Alex e Nilmar. Técnico - Tite.Cartões amarelos - Chico, Antonio Carlos, Rhodolfo e Ferreira (Atlético-PR); Ricardo Lopes, Nilmar, Adriano e Alex (Internacional) Gols - Alan Bahia (pênalti) aos 13 e Índio aos 36 minutos do segundo tempo Árbitro - Giulliano Bozzano (DF)Renda - 315.225,00.Público - 18.068 pagantes.Local - Arena da Baixada, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.