Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Atlético-PR vence reservas do Grêmio e deixa zona de rebaixamento

Rubro-negro se aproveita de equipe alternativa do tricolor gaúcho, que mira jogo contra o Estudiantes, pela Libertadores

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2018 | 21h18

Em situação complicada na Copa Libertadores e eliminado da Copa do Brasil, o Grêmio começa a ficar para trás na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Com um time recheado de reservas, perdeu de virada para o Atlético Paranaense, neste sábado, na Arena da Baixada, pela 21ª rodada.

Com o resultado, o Atlético-PR, que vive seu melhor momento na temporada com seis jogos sem derrotas, deixou a zona de rebaixamento e foi para 21 pontos, contra 37 do Grêmio. O time gaúcho está a cinco do São Paulo, que joga diante do Ceará neste domingo.

Como o Grêmio jogará contra o Estudiantes na próxima terça-feira pela Libertadores, Renato Gaúcho colocou um time inteiro reserva, do goleiro Paulo Victor até o atacante Pepê. A equipe teve um grande início, mas acabou caindo de produção e foi dominada pelo Atlético-PR, que conquistou mais um grande resultado na Arena da Baixada.

O Grêmio poderia ter liquidado a fatura já no primeiro tempo, mas perdeu muitas oportunidades, como em lance com Pepê logo aos quatro minutos. O atacante recebeu cruzamento de Cícero, saiu de frente para o gol e chutou na trave.

A pressão continuou até que aos oito minutos o time gaúcho abriu o placar. Léo Pereira derrubou Paulo Miranda dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Cícero foi para a cobrança, deslocou o goleiro Santos e chutou para o fundo das redes.

A resposta do Atlético-PR foi imediata. Aos 12 minutos, Pablo recebeu dentro da área, fez o pivô para cima de Bressan e chutou no ângulo de Paulo Victor. O ímpeto do time gaúcho acabou, chegando a ter apenas 32% de posse de bola. Mesmo assim, conseguiu segurar o resultado.

No segundo tempo, o Grêmio voltou com uma estratégia mais defensiva e chamou o Atlético-PR, que foi engrenar a partir dos 22 minutos, quando Marcinho tocou para Pablo. O atacante exigiu boa defesa de Paulo Victor.

O clube paranaense foi se soltando e achou o gol da virada aos 24. Jonathan tabelou com Bruno Nazário, invadiu a área e tocou na saída de Paulo Victor para fazer o segundo. Em vantagem, o Atlético-PR se fechou e confirmou a vitória na Arena da Baixada.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Botafogo no sábado, às 16 horas, em Porto Alegre. No domingo, às 16h, o Atlético-PR recebe o Bahia na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 X 1 GRÊMIO

ATLÉTICO-PR - Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington (Bruno Guimarães), Lucho González, Marcinho, Raphael Veiga (Márcio Azevedo) e Nikão (Bruno Nazário); Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Cícero, Thaciano (Lincoln), Marinho (Thonny Anderson) e Douglas (Jean Pyerre); Alisson e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Cícero, aos oito, e Pablo, aos 13 minutos do primeiro tempo. Jonathan, aos 24 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS - Nikão e Bruno Nazário (Atlético-PR); Paulo Miranda e Marinho (Grêmio).

RENDA - R$ 349.830,00.

PÚBLICO - 13.577 torcedores.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.