Gustavo Oliveira/Divulgação
Gustavo Oliveira/Divulgação

Atlético-PR vence em casa e complica o Avaí na luta contra a queda

Em Curitiba, Furacão faz 2 a 1 e afunda ainda mais os catarinenses

JULIO CESAR LIMA, Estadão Conteúdo

07 Novembro 2015 | 22h09

O Atlético Paranaense entrou em campo contra o Avaí sem maior aspiração no Campeonato Brasileiro, mas mostrou melhor futebol e bateu o time catarinense por 2 a 1, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 34ª rodada.

O triunfo ajudou o rival Coritiba, que perdeu para o Corinthians na rodada e está na zona de rebaixamento, porém, apenas um ponto atrás do Avaí. Com a vitória, o Atlético-PR chegou aos 46 pontos, na décima colocação e o Avaí permaneceu na 16ª colocação com 35 pontos, mas sob risco de ser ultrapassado pelo Goiás neste domingo e entrar na zona de rebaixamento.

O técnico Cristóvão Borges surpreendeu o Avaí ao entrar com três atacantes e deslocar o ala esquerdo Sidcley para o meio-de-campo. A estratégia deu certo e o Avaí não conseguia parar as jogadas do Atlético-PR pelo meio.

Logo aos sete minutos, Sidcley chutou com perigo e aos 12, André Lima salvou por duas vezes um chute de Vilchez. O Atlético pressionava e aos 25 minutos, Sidcley entrou por trás da zaga do Avaí e tocou por cima do goleiro Vagner, mas a bola tocou no travessão.

O time atleticano era superior, e aos 35 minutos, Walter tocou para Roberto, que chutou e Vagner defendeu parcialmente. Na rebatida, Walter tocou para as redes, fazendo 1 a 0.

Com a vantagem no placar, o Atlético-PR avançou ainda mais. Aos 43 minutos, Eduardo e Barrientos tabelaram pelo meio da defesa do Avaí, Eduardo tocou por cima de Vagner e antes de a bola entrar Sidcley completou para o gol.

Na segunda etapa, Gilson Kleina adiantou sua equipe e pressionou o Atlético-PR em seu campo de defesa. Aos 13 minutos, Anderson Lopes, aproveitou uma disputa de bola entre André Lima e Vilchez e na rebatida descontou para o Avaí.

Depois disso, Cristóvão colocou o zagueiro Ricardo Silva para proteger mais sua defesa e o Atlético-PR conseguiu administrar o resultado, garantindo o triunfo na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 2 x 1 AVAÍ

ATLÉTICO-PR - Weverton; Eduardo, Vilchez, Wellington e Roberto; Otávio, Barrientos (Hernani), Nikão, Sidcley (Ricardo Silva) e Cryzan (Daniel Hernandéz); Walter. Técnico: Cristóvão Borges

AVAÍ - Vagner; Nino Paraíba, Jubal, Antônio Carlos e Romário; Eduardo Neto, Tinga, Camacho (Renan Oliveira) e Rômulo (Pablo); Anderson Lopes e André Lima (Léo Gamalio). Técnico: Gilson Kleina

GOLS - Sidcley, aos 35 e Walter aos 43 minutos do primeiro tempo; Anderson Lopes, aos 13 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA)

CARTÕES AMARELOS - Vilchez, Jubal, Eduardo Neto

RENDA - R$ 87.804,86

PÚBLICO - 9.491 pagantes

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.