Atlético-PR vence o clássico contra o Paraná

Com a vitória por 2 a 1, time rubronegro de Curitiba ganha seu segundo clássico seguido

Julio Cesar Lima, Especial para O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2008 | 19h21

O Atlético Paranaense venceu o segundo clássico consecutivo - na semana passada venceu o Coritiba por 2 a 0 - ao derrotar o Paraná por 2 a 1 neste domingo (27) no estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR) pela sexta rodada do Campeonato Paranaense e se manteve na liderança isolada com 18 pontos e 100% de aproveitamento.   Os gols do Atlético foram marcados por Marcelo Ramos aos 18 e Netinho aos 29 minutos do primeiro tempo. Léo, aos 49 minutos do segundo tempo descontou para o Paraná.   A equipe de Ney Franco, melhor posicionada, pressionava o time do Paraná em seu campo. Com isso, o gol não demorou a sair e aos 18 minutos de jogo Marcelo Ramos aproveitou um cruzamento de Michel e abriu o placar.   O gol deixou o Paraná nervoso e seus atletas de criação, Cristian e Léo não conseguiam articular as jogadas. Com domínio da partida o Atlético se aproveitou de uma bola parada para ampliar. O meia Netinho cobrou uma falta aos 29 minutos e contou com um desvio na barreira para enganar o goleiro Fabiano e fazer 2 a 0. No segundo tempo o Paraná tentou pressionar mais, mas a defesa atleticana não permitiu a reação. O Atlético ainda teve uma chance para ampliar com Marcelo Ramos, que exigiu uma difícil defesa de Fabiano.   Nos acréscimos, o Paraná descontou com Léo em uma cobrança de pênalti aos 49 minutos. A equipe ainda reclamou no final da partida com o árbitro Evandro Rogério Roman, sobre outro pênalti não marcado. "Não adianta fazer um trabalho na semana e depois acontecer isso", reclamou o goleiro Fabiano.   Para o atacante Marcelo Ramos, o time foi feliz ao aproveitar os detalhes. "Em um clássico devemos aproveitar as chances que aparecem e nossa equipe soube fazer isso e manter a mesma pegada em toda a partida", disse.   Em Paranaguá, Rio Branco e Coritiba empataram por 0 a 0 em uma partida fraca tecnicamente. O resultado manteve o Coritiba na vice-liderança com 13 pontos e o Rio Branco na 14ª colocação com apenas quatro pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.