Walter Monteros|AFP
Walter Monteros|AFP

Atlético Tucumán avança e será o primeiro rival do Palmeiras na Libertadores

Time argentino passa da fase preliminar ao vencer Junior Barranquilla por 3 a 1

Estadao Conteudo

23 Fevereiro 2017 | 21h38

O Atlético Tucumán será o primeiro adversário do Palmeiras na edição de 2017 da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira, o clube argentino garantiu sua presença no Grupo 5 do torneio continental ao avançar na última fase preliminar ao derrotar o Junior Barranquilla, da Colômbia, por 3 a 1, em casa.

Com esse placar o Atlético Tucumán reverteu a vantagem adquirida pelos colombianos no primeiro jogo, quando triunfaram por 1 a 0. E agora se juntaram ao boliviano Jorge Wilstermann e ao uruguaio Peñarol, além do Palmeiras, no Grupo 5 da Libertadores.

E a sua estreia na fase de grupos será exatamente diante do Palmeiras. Em Tucumán, o time argentino vai receber a equipe paulista em 8 de março. O jogo entre eles no Allianz Parque será em 24 de maio, pela rodada final da chave.

A primeira participação do Atlético Tucumán na Libertadores vem sendo marcada por muitas emoções e reviravoltas. Afinal, na segunda fase preliminar, após empatar em casa com o El Nacional por 2 a 2, quase não levou W.O. no jogo de volta - precisou atuar com uniformes da seleção sub-20 da Argentina e entrou em campo com atraso por causa de problemas no seu voo. Ainda assim, triunfou por 1 a 0 e avançou.

Diante do Junior Barranquilla, então, perdeu o duelo de ida por 1 a 0. Mas nesta quinta praticamente definiu a sua classificação ainda no primeiro tempo, quando abriu 3 a 0. Os gols foram marcados por Aliendro, aos 19, Menéndez, aos 23, e Zampredi, aos 28 minutos.

O time colombiano ainda conseguiu uma sobrevida na etapa final, aos 39 minutos, com o gol de Hernández. Mas o Atlético Tucumán sustentou a vantagem e garantiu a sua passagem à fase de grupos da Libertadores. Agora, em 8 de março, receberá o Palmeiras na Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.