Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Atual tricampeão, Brasil está fora da Copa das Confederações

Seleção brasileira ergueu caneco em 2005, 2009 e 2013

Estadão Conteúdo

27 de junho de 2015 | 21h57

"Bicho-papão" da Copa das Confederações, o Brasil não poderá defender o seu tricampeonato, assegurado com os títulos conquistados em 2005, 2009 e 2013, no torneio que antecede a Copa do Mundo, pois fracassou na tentativa de voltar a vencer a Copa América, sendo eliminado neste sábado, com a derrota nos pênaltis para o Paraguai por 4 a 3, após empate por 1 a 1, em duelo válido pelas quartas de final.

A Copa das Confederações reúne o atual campeão mundial, os vencedores dos torneios continentais e o país-sede da Copa do Mundo, servindo como preparação para a competição máxima do futebol. Mas dessa vez o Brasil não entrará em campo no torneio, que em 2017 vai ser disputado na Rússia, não podendo chegar ao seu quinto título - a primeira conquista veio em 1997.

O título de 1997 foi assegurado na primeira edição da Copa das Confederações sob a chancela da Fifa - antes, duas edições haviam sido realizadas. Sob a Fifa, aliás, o Brasil nunca havia ficado de fora da competição, seja por ser campeão mundial, da Copa América ou país-sede.

Essa situação, porém, será diferente em 2017. E já sem o Brasil, a próxima Copa das Confederações tem três seleções classificadas: a Rússia (país-sede da Copa de 2018), a Alemanha (campeã mundial em 2014) e a Austrália (campeã da Copa da Ásia em 2015).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.