Audiência acumulada da Copa deve passar de 30 bilhões

A Fifa prevê que a Copa do Mundo da Alemanha deve ser acompanhada por uma audiência acumulada superior a 30 bilhões de telespectadores. A Infront, sócio televisivo da Fifa, que distribui os direitos e a produção do sinal durante o Mundial, assegurou que espera ultrapassar a marca de 30 bilhões, registrada na Copa de 2002, realizada na Coréia do Sul e no Japão. Dominik Schmid, diretor executivo da Infront, disse nesta terça-feira que 206 dos 207 territórios que têm uma Federação de Futebol associada à Fifa estão acompanhando o Mundial pela televisão ou rádio. O único país que não recebe as imagens do Mundial da Alemanha é o Turcomenistão, na Ásia Central. "A Fifa tentou negociar a transmissão também para esse país, mas o governo local não demonstrou interesse", declarou Schmid.O grande interesse das mulheres pela Copa também tem contribuído para o aumento nos índices de audiência. Quatro de cada dez telespectadores são mulheres, de acordo com a Infront. Na Argentina, especificamente, esse interesse feminino aumenta em até 50%. "Para medir a audiência, no entanto, não levamos em conta as pessoas que estão acompanhando as partidas na rua, por meio de telões. Dessa forma, aos 12 milhões de torcedores que acompanharam a partida de estréia entre Alemanha e Costa Rica, devemos adicionar cerca de 8 milhões que acompanharam por telões, o que dá uma audiência total de 20 milhões", contabilizou Schmid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.