Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Ausência de Dudu desafia Palmeiras em jogo no Uruguai

Capitão e líder em assistências, atacante será baixa no time apenas pela terceira vez no ano

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

25 de abril de 2017 | 10h00

O Palmeiras viajou ao Uruguai para enfrentar o Peñarol, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, com um grande problema para o técnico Eduardo Baptista. O time não poderá contar com o capitão e jogador de linha com mais atuações pelo time nesta temporada. Sem Dudu, suspenso por ter sido expulso na última partida pelo torneio, a equipe tem como desafio achar um substituto.

O camisa 7 atuou em 19 dos 21 jogos do Palmeiras no ano. Apenas o goleiro Fernando Prass, com 20 participações, entrou mais vezes em campo do que ele. As duas ausências de Dudu foram contra Osasco Audax e Mirassol, pelo Campeonato Paulista, quando esteve fora em compromissos com a seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Com cinco gols, Dudu é o vice-artilheiro do time em 2017 e o líder de assistências, com seis. "Ele é uma ausência importante para nós, mas com certeza o Palmeiras tem um elenco qualificado e faremos de tudo para minimizar essa ausência", disse o lateral-direito Jean nesta segunda-feira sobre o colega.

Nos dois jogos em que o Palmeiras atuou sem a presença de Dudu, as circunstâncias eram outras. A equipe já estava classificada para a fase final do Campeonato Paulista e tinha duas partidas seguidas no Allianz Parque. Baptista optou por escalar Keno e Rafael Marques na posição geralmente executada pelo atacante, no lado esquerdo do setor ofensivo.

Desta vez o confronto no Uruguai promete ser mais complicado. O time da casa está em terceiro lugar, fora da zona de classificação para as oitavas de final. Além disso, o confronto tem clima de revanche pela partida movimentada no Allianz Parque, vencida por 3 a 2 pelo Palmeiras com gol aos 54 minutos do segundo tempo, com direito a expulsão de Dudu por reclamação e reclamações de racismo por parte do volante Felipe Melo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.