Ausência de Romário não é retaliação

O técnico Luiz Felipe Scolari garantiu hoje, no Rio, durante a convocação dos nove jogadores que atuam no Brasil para o amistoso contra o Panamá (dia 9) e contra o Paraguai (dia 15), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, que a ausência de Romário na lista não é retaliação. ?A questão do Romário é exclusivamente técnica. Nada além disso?, disse ele. Romário pediu dispensa da Copa América dizendo que iria fazer uma operação em um dos olhos. Ao invés da cirurgia, no entanto, o atacante foi para amistosos do Vasco no México. A atitude do jogador teria irritado o treinador.Felipão disse que também não guarda mágoa de Mauro Silva, que decidiu não disputar a Copa América, minutos antes do embarque da seleção para a Colômbia. ?Não há nenhum problema com o Mauro. Nós conversamos e ele me expôs detalhes que não falou a vocês e nem deve falar. Ele está treinando há 3 ou 4 dias e ainda não está em boas condições. Mas sabe que eu tenho muito apreço por ele?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.