Marcelo Chello/EFE
Marcelo Chello/EFE

Austrália agradece convite da Conmebol para participar da Copa América de 2020

Edição 2020 da competição também terá a presença do Catar

Redação, Estadao Conteudo

14 de junho de 2019 | 11h38

A Conmebol confirmou nesta semana as participações de Austrália e Catar, seleções que fazem parte da Confederação Asiática de Futebol (AFC, na sigla em inglês), na edição de 2020 da Copa América, que será realizada em novo formato com duas sedes - Argentina e Colômbia - entre os dias 12 de junho e 12 de julho. Nesta sexta-feira, os australianos mostraram entusiasmo e agradeceram o convite.

"Estamos felizes que nossos 'socceroos' (apelido dos jogadores da seleção) possa participar desta prestigiosa competição pela primeira vez em nossa história", disse Chris Nikou, presidente da Federação Australiana de Futebol (FFA, na sigla em inglês), em um comunicado oficial. "Trabalhamos duro nos últimos seis meses para melhorar nossas relações internacionais", completou.

A partir de 2020, a Copa América será disputada a cada quatro anos, no mesmo período da Eurocopa, para unificar o calendário mundial. Na primeira edição com o novo formato, 12 seleções serão divididas em dois grupos de acordo com a sua localização geográfica.

Um dos grupos, o da zona norte, Brasil, Colômbia, Equador, Peru, Venezuela e um convidado jogarão em solo colombiano. Já o outro, da zona sul, terá Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai e outra seleção convidada, que jogarão em território argentino. A definição para onde irão Austrália e Catar será feita através de um sorteio.

"Nossa equipe de beneficiará da experiência de enfrentar alguns dos melhores jogadores do mundo. E do ponto de vista comercial, expor a nossa seleção em um cenário internacional será com também", ressaltou David Gallop, diretor executivo da Federação Australiana de Futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.