Áustria chama substituto de Alaba para jogo com o Brasil

Áustria chama substituto de Alaba para jogo com o Brasil

Veli Kavlak, volante do Besiktas, é convocado no lugar do lateral do Bayern, que machucou o joelho em partida da Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2014 | 11h21

Após machucar o joelho direito na vitória do Bayern de Munique sobre a Roma pela Liga dos Campeões, o lateral David Alaba acabou cortado da lista da seleção austríaca que enfrentará o Brasil no próximo dia 18, em amistoso. Em seu lugar, o técnico Marcel Koller anunciou nesta sexta-feira a convocação do volante Veli Kavlak, que atua no Besiktas.

Alaba, que operou o menisco do joelho já na manhã desta sexta, deve ficar afastado dos gramados por aproximadamente dois meses. Desapontado, o jogador do Bayern de Munique espera se recuperar rapidamente. "Isso é muito amargo tanto para a equipe quanto para mim. Depois da cirurgia, espero começar a reabilitação com a permissão dos médico. Espero voltar em breve", afirmou o jogador.

Treinador da Áustria, Marcel Koller lamentou a perda de Alaba e espera que Kavlak mostre seu valor. "Eu acho que não é preciso falar sobre a importância de David Alaba para a nossa equipe. A perda dói muito, mas isso pode acontecer em esportes profissionais, infelizmente. Desejo tudo de melhor e uma rápida recuperação. Para os próximos jogos, isso significa que um outro jogador terá sua chance e poderá fazer o seu desempenho ser comprovado".

Descendente de turcos, Kavlak nasceu na Áustria e começou sua carreira no Rapid Viena, onde jogou até 2011, quando foi contratado pelo Besiktas. O volante, que começou na reserva, é titular do time comandado por Slaven Bilic e atua pela seleção desde 2007, tendo marcado um gol em 30 jogos disputados.

Antes da partida contra a seleção brasileira no Estádio Ernst Happel, em Viena, a Áustria encara a Rússia pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016, no mesmo local, dia 15. Líder do Grupo G, a equipe de Marcel Koller tem sete pontos, apenas dois à frente de Rússia e Suécia, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Montenegro, Moldávia e Liechtenstein completam a chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.