Austríaco pede desculpas por falta em brasileiro Possebon

O zagueiro austríaco Emanuel Pogatetz, do Middlesbrough, pediu desculpas pela falta violenta cometida sobre o meia brasileiro Rodrigo Possebon, do Manchester United, no jogo de terça-feira pela Copa da Liga Inglesa. Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoPogatetz também reconheceu que mereceu levar o cartão vermelho pelo lance, que deixou indignado o escocês Alex Ferguson, técnico do United. Possebon chegou a ser levado a um hospital, mas o clube de Manchester divulgou nesta quarta um comunicado informando que o jogador não sofreu fratura no joelho esquerdo."Em primeiro lugar, devo dizer que entrei de carrinho porque achava que ganharia a dividida. No entanto, concordo que houve um erro de julgamento de minha parte", disse."No instante após o lance, não achei que merecia ser expulso, pois havia perdido a bola. Mas tive a chance de ver a jogada na televisão e o juiz acertou ao me dar o cartão vermelho", completou.Pogatetz disse que mandou uma mensagem de texto ao brasileiro e tentará falar por telefone com o jogador de 19 anos."Vou telefonar para Rodrigo e já pedi desculpas por ter causado a lesão. Espero que ele tenha uma rápida recuperação e não fique longe dos gramados por ser muito bom", assinalou.Apesar do arrependimento, esta não é a primeira vez que o austríaco se envolve em um caso deste tipo. Conhecido pelo apelido de "Cachorro Louco", Pogatetz já pegou um gancho de 24 semanas quando atuava pelo Spartak Moscou, da Rússia.Em 2005, o zagueiro foi punido por quebrar a perna de um adversário. A pena, no entanto, acabou sendo reduzida para oito semanas. Pela falta em Possebon, Pogatetz deve pegar três jogos de suspensão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.