Shawn Thew/EFE
Shawn Thew/EFE

Autor de golaço, Son diz estar 'decepcionado' por derrota da Coreia do Sul

Atacante do Tottenham lutou, mas não conseguiu evitar revés diante dos mexicanos

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 17h54

Craque do Tottenham e o principal nome da Coreia do Sul, Son Heung-Min batalhou muito para dar à seleção de seu país a primeira vitória na Copa do Mundo diante do México, neste sábado, em Rostov. Sua insistência foi premiada com um golaço no segundo tempo, mas ele não foi capaz de evitar a derrota por 2 a 1 para o mexicanos.

+ Saiba o que a Alemanha precisa fazer para se classificar e pegar o Brasil

+ Osorio enaltece vitória do México e diz que relaxamento é 'normal'

Após a partida, Son não conseguiu esconder a tristeza em razão do segundo revés no Mundial que não elimina os sul-coreanos do torneio mas deixa a equipe em situação muito difícil por uma vaga na próxima fase.

"Estou muito decepcionado", lamentou o jogador. "Para mim, o mais importante é o resultado. Jogamos bem, mas infelizmente tivemos outro pênalti [convertido pelo atacante Vela] contra nós", completou Son.

Ao mesmo tempo, o atacante disse ter ficado orgulhoso dos seus companheiro e atribuiu as derrotas à falta de experiência da seleção asiática. Apesar de ser muito improvável, Son ainda acredita na classificação sul-coreana às oitavas de final do Mundial.

 

"Estou orgulhoso. Temos vários jogadores jovens. Não é fácil jogar bem em seu primeiro Mundial", afirmou. "Mas ainda não terminou. Falta o último jogo. Daremos tudo para classificar", acrescentou o jogador.

Os dois jogos da rodada final da primeira fase do Grupo F serão na próxima quarta-feira, às 11 horas (de Brasília). Para conseguir o que seria um feito histórico, a Coreia precisa vencer bem a Alemanha em Kazan, e torcer para uma vitória do México sobre a Suécia, em Ecaterimburgo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.