Frank Augstein/AP
Frank Augstein/AP

Autor do gol da Tunísia lamenta derrota para a Inglaterra: 'Não merecemos perder'

Ferjani Sassi marcou de pênalti em revés por 2 a 1, em Volgogrado

Estadão Conteúdo

18 Junho 2018 | 19h10

A Tunísia segurava o empate contra a Inglaterra até os 46 minutos da etapa final, quando o artilheiro Harry Kane fez o segundo dos ingleses e decretou a vitória de sua equipe por 2 a 1, nesta segunda-feira, em Volgogrado, pela estreia no Grupo G da Copa do Mundo da Rússia. Autor do gol de empate tunisiano, o volante Ferjani Sassi disse que a derrota foi injusta.

+ Emocionado, Kane celebra dois gols e vitória da Inglaterra: 'Fez justiça'

+ Apesar do sufoco, Southgate se diz 'muito orgulhoso' da Inglaterra e exalta Kane

"Jogamos um bom jogo defensivamente e acho que não merecemos perder. Jogamos com cinco na defesa durante o segundo tempo, o que nos ajudou a fechar os espaços. Agora faremos tudo contra a Bélgica para conquistar os três pontos", afirmou o jogador do Al-Nasr, da Arábia Saudita, ao citar o próximo compromisso da Tunísia diante da perigosa "geração belga", neste sábado, às 9 horas (de Brasília), em Moscou.

O técnico tunisiano Nabil Maaloul também lamentou o gol da Inglaterra nos acréscimos ao destacar que seu time merecia melhor sorte na partida, apesar de jogar recuado e sofrer pressão dos ingleses após o empate.

 

"Estávamos jogando contra uma equipe altamente qualificada e altamente coordenada em termos de jogadores ofensivos. O empate seria um excelente resultado para nós. Mas esperamos que isso (derrota no fim do duelo) nos leve a estar com níveis mais altos de concentração os próximos jogos", avaliou o treinador.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.