Loic Venance/AFP
Loic Venance/AFP

Autoridades retomam buscas por avião onde viajava jogador argentino

Aeronave onde estava Emiliano Sala e um piloto perdeu comunicação na noite de segunda-feira quando cruzava o Canal da Mancha

EFE, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2019 | 09h20

Os serviços de resgate de Guernsey, ilha localizada na parte britânica do Canal da Mancha, retomaram nesta quarta-feira as buscas pelo avião onde viajava o jogador argentino Emiliano Sala, do Cardiff City, que desapareceu na região, informou a polícia local.

"Nós retomamos a busca, dois aviões estão decolando e vamos procurar por uma área específica onde acreditamos que estamos mais propensos a encontrar algo, com base na análise das marés e do clima de quando (o avião) desapareceu", afirmou a polícia de Guernsey pelo Twitter.

Sala, de 28 anos, e um piloto viajavam de Nantes (França) para Cardiff quando foi perdida a comunicação com a aeronave no momento em que cruzavam o Canal da Mancha.

A operação de busca trabalha com quatro possibilidades: que o avião aterrissou em algum lugar e o piloto e Sala ainda não conseguiram contato; que o pequeno avião pousou no mar e os dois foram resgatados por um navio; que após um possível pouso na água tenham usado o bote salva vidas do avião ou que a aeronave se destruiu ao cair no mar.

Aparentemente, o jogador teria se comunicado com amigos, afirmando que estava com medo de viajar no pequeno avião por conta das turbulências no voo anterior de Cardiff para Nantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.