Autoridades suíças pedem a Fifa que forneça acesso a emails de Valcke

O procurador-geral da Suíça, Michael Lauber, pediu formalmente à Fifa que dê aos investigadores acesso às contas de email do secretário-geral suspenso da entidade, Jérôme Valcke.

MARK HOSENBALL, REUTERS

23 de setembro de 2015 | 20h37

“O gabinete do procurador-geral da Suíça (GPG) solicitou à Fifa que dê acesso a todas as contas de email de Jérôme Valcke”, disse um porta-voz do gabinete por email.

“Essas contas de email encontram-se até agora sob sigilo da Fifa. O GPG não recebeu acesso às contas de email de J. Valcke até hoje, porque a Fifa as mantêm sigilosas.”

Valcke, segundo na linha de comando sob a presidência de Joseph Blatter, foi licenciado do cargo e “liberado de suas atribuições” na última quinta-feira, após denúncias de que esteve envolvido num esquema de revenda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil com um grande ágio, enquanto o comitê de ética da Fifa investiga o caso.

Uma fonte próxima à Fifa disse nesta quarta, em reposta a perguntas da Reuters, que a entidade nunca teve a intenção de manter os emails de Valcke fora do alcance dos procuradores e que as mensagens seriam provavelmente entregues ao gabinete do procurador-geral na quinta.

Um porta-voz da Fifa disse: “Estamos comprometidos com as autoridades e é um processo em curso.”

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFASUICAVALCKE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.