Autuori ainda não confirmou o São Paulo

O São Paulo fez um treino leve nesta sexta-feira, no estádio Dorival de Brito e Silva, na Vila Capanema, em Curitiba. O técnico Paulo Autuori não confirmou a equipe que enfrenta o Atlético-PR e conta com vários problemas. O zagueiro Fabão não treinou e foi vetado pelo departamento médico. Ele vinha reclamando de dores no calcanhar direito e nem participou do rachão realizado. Josué, com estiramento na coxa direita, e Cicinho, suspenso, também desfalcam a equipe. Perguntado sobre uma possível revanche, depois do São Paulo ter goleado a equipe paranaense e conquistado a Copa Libertadores da América, o técnico afirmou que não vê esse jogo como revanche. "É uma outra competição e não vamos jogar contra a torcida do Atlético". O zagueiro Lugano também lembrou que a rivalidade é boa, mas um clima hostil pode acontecer sim. "Por um lado isso é positivo, pois o São Paulo precisa dessa motivação para se firmar no Campeonato Brasileiro". Uma das principais atrações foi a presença do atacante Christian, contratado no início da semana, e que jogará ao lado de Amoroso, neste sábado. "Vou tentar superar essa falta de entrosamentro com o grupo, com a experiência e com a ajuda dos companheiros. Além do empenho, o negócio é colocar mais o coração do que a técnica". O atacante disse estar muito contente de fazer parte do grupo. Segundo ele, "um grupo maravilhoso". Christian disse que antes mesmo de ser contratado fez contato telefônico com os jogadores Rogério Ceni, Júnior e Amoroso, que o deixaram bastante à vontade informando-o que no São Paulo ele encontraria um ambiente bastante acolhedor. A boa notícia do dia foi a absolvição do meia Richarlyson e do técnico Paulo Autuori, no STJD. Ambos haviam sido expulsos na partida do São Paulo contra o Goiás, no último dia 7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.