Autuori atribui derrota do Grêmio a erros e expulsão

O técnico Paulo Autuori, do Grêmio, gostou da produção da equipe na derrota por 3 a 1 para o Sport, domingo, no Recife, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Mas o treinador voltou a insistir que a equipe não pode perder tantos gols, e também criticou a expulsão do atacante Jonas, quando a partida ainda estava empatada por 1 a 1.

AE, Agencia Estado

29 de junho de 2009 | 08h51

"A produção me agradou, mas não pode acontecer a expulsão novamente. Essa situação não é nova, a expulsão compromete a partida. Duas coisas me preocuparam. Uma é, novamente, começar o jogo, ter grandes chances e não matar o jogo. A outra é a expulsão", disse o técnico.

Autuori disse que, apesar da vitória, o Sport não jogou melhor que o Grêmio. "Quero perder para uma equipe que jogue mais do que o Grêmio. Não tenho visto as equipes jogarem melhor do que nós. Por erros nossos, temos perdido", afirmou.

O Grêmio volta a campo na quinta-feira, contra o Cruzeiro, pela segunda partida da semifinal da Libertadores. No primeiro jogo, os mineiros venceram por 3 a 1. Para o treinador, o segredo para conseguir a recuperação no confronto é manter o padrão de jogo, mas aproveitar as chances de gol.

"em que fazer o mesmo futebol que tem feito, porque temos jogado mais do que o adversário. Mas temos que ser mais efetivo nas finalizações. Se fizer isso, temos grandes chances de passar para a final da Libertadores", disse Autuori.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.