Autuori critica atuação do Grêmio, mas comemora vaga

O técnico Paulo Autuori não gostou da atuação do Grêmio no empate sem gols com o Caracas, na noite de quarta-feira, em Porto Alegre, pelas quartas de final da Libertadores. Mas, apesar das críticas, o treinador ressaltou a importância do resultado para a garantia de uma vaga na semifinal - no primeiro jogo, os gaúchos empataram por 1 a 1.

AE, Agencia Estado

18 de junho de 2009 | 08h42

"A gente sempre entra para ganhar. Nem um dos goleiros trabalhou praticamente. Faltou lucidez em alguns momentos, fomos muito pelo meio de campo. As nossas melhores chances foram criadas pelo lado. Mas é Libertadores, o gol pode não sair", afirmou o comandante gremista, que fez questão de enaltecer o feito da equipe.

"O importante é que estamos em uma posição que só outro clube brasileiro vai poder estar. A equipe está classificada, o que é o mais importante. Próximo jogo é outra história, independente do adversário que vier", disse Autuori, que não vê favoritos na disputa entre Cruzeiro e São Paulo. As duas equipes jogam nesta quinta-feira, no Morumbi; no Mineirão, o Cruzeiro venceu por 2 a 1.

"Um resultado de 1 a 0 para o São Paulo é possível. Agora, se sofrer um gol é complicado. É uma característica de competições que tem o gol qualificado. Estaremos atentos assistindo a esse confronto e esperando o nosso adversário", afirmou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.