Arquivo/AE
Arquivo/AE

Autuori diz que Grêmio teve 'espírito de Libertadores'

Treinador espera vitória em casa diante do Caracas para avançar às semifinais da Copa Libertadores

AE, Agencia Estado

28 de maio de 2009 | 16h40

Satisfeito com o empate do Grêmio com o Caracas, na noite de quarta-feira, o técnico Paulo Autuori exaltou a recuperação dos brasileiros no segundo tempo do jogo e disse que o seu time teve "espírito de Libertadores" na Venezuela.  

 

Veja também:

especialMais informações no canal especial da Libertadores

tabela Copa Libertadores - Classificação e Calendário 

especial 

Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Ao fim do jogo, Autuori afirmou que não se surpreendeu com forte início do Caracas, que saiu na frente com gol logo no primeiro minuto de jogo. "Nós já esperávamos uma euforia do time deles. Buscamos nos adaptar ao campo e jogamos melhor no segundo tempo, tivemos o espírito de Libertadores".

O técnico, porém, não deixou de lamentar o empate no jogo de ida pelas quartas de final da competição continental. "Empatamos um jogo e, se tivesse um vencedor, o mais justo seria o Grêmio", completou Autuori. "No segundo tempo, tivemos chances de ganhar, bola na trave, o gol", destacou o técnico, sobre a reação do time após o intervalo.

Autuori também exaltou o comportamento dos seus jogadores após levar o gol no início da partida. "Era importante ter calma naquele momento, tinha muito jogo pela frente. Mas nós tivemos tranquilidade, o Alex Mineiro entrou bem. Isso nos mostra que temos um grupo forte e temos que saber usá-lo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.