Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Autuori fala em Flu com 'grandes jogadores', mas evita citar negociações

Ex-treinador é apresentado como novo diretor de futebol do clube tricolor

Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2017 | 14h22

Apresentado oficialmente nesta quinta-feira pelo Fluminense, Paulo Autuori exaltou a história do clube carioca, afirmou que o time merece "grandes jogadores" e pediu profissionalismo na gestão do futebol. O ex-treinador é o novo diretor de futebol do clube tricolor.

+ Maior goleador do Flu no ano, Henrique Dourado festeja grande sequência de jogos

"É uma satisfação e um orgulho estar em um clube com a história e grandeza do Fluminense", disse Autuori, ao ser apresentado pela diretoria. "O que me fez vir pra cá é simples: na minha história gosto de estar com pessoas sérias, corajosas e com ideias."

  Contratado para unificar as ações do futebol do clube, da base até o time profissional, Autuori pregou estabilidade e padronização do trabalho. "Chega de projetos pessoais, que deixam de lado o que a instituição quer. A ideia é criar estabilidade. O futebol brasileiro precisa de dirigentes que enfrentem as adversidades do aqui e agora", afirmou.

O novo diretor de futebol fez elogios a Abel Braga e prometeu acabar com a "personificação" dos resultados. "O Abel é um campeão da vida. Tenho orgulho de estar ao lado de um campeão da vida. É fácil procurar um responsável na hora da vitória ou derrota. Essa personificação tem que acabar. Sou um homem de equipe e não acredito em tomadas de posições isoladas."

Apesar da função de diretor de futebol, Autuori ressaltou que não participará diretamente das negociações com reforços. "Qualquer tipo de negociação, não estarei presente. A minha tarefa é ter ideias e ajudar estrategicamente o futebol do Fluminense", avisou, antes de mencionar futuras contratações. "O objetivo é entender que o Fluminense tem que ter grandes jogadores."

Segundo Autuori, seu trabalho vai se concentrar mais na definição do perfil dos futuros reforços. "Tem que saber definir bem o perfil dos jogadores que vão vir. Estamos trabalhando bastante nisso."

Mas avisou que o clube dará oportunidade para os jovens jogadores que defenderam a equipe neste Brasileirão. "O Fluminense teve uma equipe muito jovem nesse Brasileirão. Utilizou um número enorme de atletas formados no clube. Esses jogadores estarão mais preparados para o próximo ano."

"O Abel já se referiu a distribuir jogadores na equipe em consequência de ter uma grande equipe. Isso é importante. Queremos uma equipe competitiva e eu estarei junto para contribuir", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.