Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Autuori prioriza defesa em 1º treino tático no São Paulo

Técnico foca bastante o posicionamento em exercícios de ataque contra defesa

FERNANDO FARO, Agência Estado

12 de julho de 2013 | 12h48

SÃO PAULO - Paulo Autuori iniciou seus trabalhos à frente do São Paulo na quinta-feira, mas apenas nesta sexta é que ele efetivamente pôde trabalhar com o elenco titular e já deixou claro que o primeiro ponto a atacar é a deficiência no setor defensivo.

Em atividade realizada no CT da Barra Funda, o treinador focou bastante o posicionamento em exercícios de ataque contra defesa e parou o treino diversas vezes para corrigir os atletas e melhorar a cobertura. Um dos pilares da reação no ano passado, a defesa tem sido alvo de pesadas críticas pelo excesso de gols sofridos e já foi vazada 47 vezes em 41 jogos na temporada.

"A equipe tem sofrido gols e precisa melhorar a parte defensiva, começamos a armar um time sempre de trás para a frente; temos talento suficiente para resolver as coisas na frente, por isso vou melhorar isso (a defesa) para quem é da criação correr mais riscos e isso só se faz quando eles veem que lá atrás está seguro", explicou o treinador.

Ao contrário de Ney Franco, que durante 2013 alternou inúmeras vezes o esquema tático e foi indiretamente criticado pelos jogadores, Autuori já deixou claro que vai armar o time tricolor sempre no 4-4-2, fazendo apenas algumas alterações no formato do meio-campo.

"Posso jogar com dois meias, que é como eu gosto mais, ou então no formato de diamante, que são três jogadores em linha mais recuados e um meia avançado, aquele chamado ''enganche'' na Argentina. E fazer isso dar certo é a minha responsabilidade e meu trabalho", enfatizou o comandante, que neste domingo, contra o Vitória, no Barradão, pelo Brasileirão, não terá o zagueiro Rafael Toloi, lesionado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.