Autuori responde ao choro dos ingleses

O técnico Paulo Autuori minimizou as reclamações do Liverpool sobre a arbitragem e sobre a forma - para os ingleses, injusta - como perderam a decisão do Mundial de Clubes para o São Paulo. ?Quando você trabalha com desporto, o vencedor comemora e o perdedor reclama. De repente as línguas inglesas estão afiadas porque há muita mescla, que antes não exisita [sete titulares no jogo deste domingo eram estrangeiros]. O título foi conquistado de forma justa e limpa. Se não tivesse ganho, sinceramente não falaria as coisas que eles falaram?, respondeu.Apesar da resposta contundente, o técnico estava o tempo todo muito calmo, no seu estilo desempre. A voz grossa, o olhar de paisagem, como se não tivesse ganho um título tão importante. Demonstrou alegria quando uma repórter japonesa perguntou porque ele havia insistido tanto nas jogadas de um-dois. Se era algo programado. ?Parabéns pelo seu poder de observação. Pelo alto, não ganharíamos deles, seria preciso mesmo a tabela por dentro. O gol saiu assim e houve outras chances no mesmo estilo. Foi um trabalho que deu certo e isso é ótimo. Todo nosso sacrifício valeu a pena.?

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2005 | 12h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.