Vitor Silva / Botafogo
Vitor Silva / Botafogo

Autuori revela que Luis Henrique está com covid-19 e explica saída de Cortez

Meia equatoriano foi informado de que não fazia mais parte dos planos do clube e, na sequência, bebeu cerveja e elogiou o Flamengo em live

Redação, Estadão Conteúdo

25 de julho de 2020 | 17h02

O técnico Paulo Autuori deu uma rápida, mas esclarecedora, entrevista à Botafogo TV, canal oficial do clube, neste sábado. Transparente, o treinador revelou que o atacante Luis Henrique testou positivo para a covid-19 e foi afastado. Ele também explicou a situação do meia equatoriano Gabriel Cortez, que causou polêmica em uma "live" nesta madrugada.

Luis Henrique está sendo observado pelo departamento médico do clube e passará por um período de quarentena. Com isso, o atacante desfalca o Botafogo contra o Fluminense no amistoso deste sábado, no Engenhão.

"Luis Henrique testou positivo. O fato de ter testado positivo nos leva a pensar quão coerente nós do Botafogo estamos sendo quando se tomou a decisão de respeitar as autoridades por decisão nossa. Fico feliz que o Botafogo, mesmo em um jogo amistoso, está cumprindo rigorosamente o que as autoridades ligadas ao desporto pedem. Ao testar ontem, fizemos de todos, não só jogadores, e o Luis Henrique acusou positivo. Fico feliz de ser transparente com anuência do jogador e do corpo médico. Não é vergonha contrair covid-19 e temos que evitar qualquer tipo de especulação. Foi isso que aconteceu e ele não vai participar do jogo amistoso e vai ficar isolado, como deve ser", afirmou o treinador.

Paulo Autuori também explicou a situação de Gabriel Cortez. O técnico afirmou que avisou na última terça-feira ao jogador, de 24 anos, que ele não estava mais nos planos do clube. Depois disso, na madrugada deste sábado, o meia equatoriano apareceu em uma chamada de vídeo bebendo cerveja e fazendo elogios ao Flamengo. O episódio foi classificado pelo treinador como "fora de propósito".

"Saiu nas redes sociais uma live dele (Gabriel Cortez) fora de propósito. Quero deixar bem claro que essa responsabilidade é minha e eu assumo. Na terça-feira, eu o chamei e informei que não estaria mais dentro dos planos do Botafogo. Não poderia dar a oportunidade que ele necessita e ele precisaria buscar outro lugar para jogar. Deixei claro para ele o porquê. Desde terça-feira ele não faz parte do grupo e na quinta comuniquei aos jogadores também o que havia acontecido. Respeitei as três coisas que eu sempre falo: momento, pessoa e local. Agora, venho a público explicar", elucidou o treinador.

O Botafogo vai rescindir o contrato de empréstimo junto ao Guayaquil City, do Equador, que tinha validade até o final do ano, com opção de compra fixada. O atleta atuou em apenas quatro jogos e deixará o time alvinegro sem marcar gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.