Rahel Patrasso/Reuters
Rahel Patrasso/Reuters

Auxiliar de Carille no Corinthians diz que empate com Santos foi justo

'Acho que foi justo pelo o que as duas equipes demonstraram', comenta Leandro Cuca após a partida

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2019 | 21h10

Com a suspensão do técnico Fábio Carille, coube ao auxiliar Leandro Silva, conhecido como Cuca, comandou o Corinthians neste sábado no empate por 0 a 0 com o Santos, em Itaquera, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na avaliação do técnico interino, o placar foi justo.  

"Foi um clássico muito disputado. Por mais que o Santos tenha tido uma posse maior, eles criaram poucas chances de gol. Acho que foi justo pelo o que as duas equipes demonstraram", disse.

O Corinthians chegou neste sábado à sexta rodada sem vitória (quatro empates e duas derrotas). O time é o sexto colocado, com 45 pontos. A queda de rendimento ameaça uma possível classificação da equipe à Libertadores no próximo ano, mas o auxiliar de Carille confia que o time vai subir de produção na reta final do Brasileiro. "Vamos continuar buscando um desempenho melhor para que o resultado venha. A partir do momento que vier, a confiança é retomada, aí tem tudo para conseguirmos terminar bem o campeonato", disse.

Leandro Silva também destacou a disposição dos jogadores na partida deste sábado. "O torcedor sempre vai cobrar a vitória, principalmente no Corinthians, uma equipe acostumada com grandes conquistas. O time se doou muito pelo resultado. Não veio, mas não faltou busca para sairmos vitoriosos", afirmou.

O auxiliar ainda fez questão de elogiar a atuação de Vagner Love. O atacante saiu de campo com dores na coxa e é dúvida para o jogo de quarta-feira contra o CSA, em Maceió. "É um líder técnico, um líder como pessoa. Dentro daquilo que foi proposto, cumpriu todas as funções. É um atleta que se doa muito, não tem bola perdida. Ele cumpriu a função dentro daquilo que pedimos. É um atleta que veste a camisa com muito amor".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.