Auxiliar do Grêmio diz que jogo com Fla serviu para avaliar jogadores

Time gaúcho acabou vencido por 2 a 0

O Estado de S.Paulo

09 Fevereiro 2017 | 09h42

Focado no Campeonato Gaúcho e já pensando na Copa Libertadores, o Grêmio entrou em campo na noite de quarta-feira com seus reservas para enfrentar o Flamengo, pela Copa da Primeira Liga. Nem mesmo o técnico Renato Gaúcho viajou para o jogo em Brasília. Como resultado, o time de Porto Alegre foi batido por 2 a 0. Mas a derrota não abalou a comissão técnica.

Para o auxiliar Alexandre Mendes, que comandou a equipe no estádio Mané Garrincha, a partida serviu para avaliar jogadores reservas como opção para as competições futuras: Libertadores e Copa do Brasil.

"Logicamente, o resultado não foi do nosso agrado. Independentemente do resultado, serviu para algumas avaliações. Talvez mais para frente podemos puxar alguns desses jogadores para iniciar uma partida", declarou o auxiliar de Renato Gaúcho.

O "teste" vem em boa hora para o Grêmio porque o técnico terá que fazer mudanças na equipe em razão da grave lesão sofrida por Douglas no treino desta quarta, em Porto Alegre. O meia, decisivo na campanha do Brasileirão do ano passado, ficará afastado dos gramados por seis meses.

Desta forma, Renato Gaúcho terá que fazer alterações para reconstruir o meio-campo gremista. "É difícil [substituir] o Douglas, ele tem muita qualidade. Não tem um jogador dessa qualidade no mercado. Temos peças, com outras características, que podem fazer essa função", disse o auxiliar, já prevendo as alterações no time, porém sem revelar nomes.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Grêmio Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.