Auxiliar do Vasco isenta defesa em goleada: 'Marcação começa na frente'

Substituindo Milton Mendes, Ednelson Silva viu evolução na equipe e agradeceu os torcedores

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2017 | 09h06

O auxiliar técnico do Vasco, Ednelson Silva, isentou a defesa da equipe carioca na goleada de 5 a 2 para o Corinthians, na noite desta quarta, em São Januário. Na sua avaliação, a dura derrota foi resultado de uma falha geral da equipe. "A marcação começa na frente", afirmou Silva, que substituiu o suspenso Milton Mendes.

"Não podemos avaliar apenas o sistema defensivo. Temos meio-campo e ataque, onde começa tudo. Se aconteceu [a goleada], foi porque todos os atletas tiveram esse problema. A marcação começa na frente. Não podemos pontuar apenas um lugar", analisou o auxiliar técnico vascaíno.

Apesar do revés em casa, Silva viu sinais de evolução na equipe carioca, em comparação aos últimos jogos. "Dentro do que foi trabalhado, conseguimos colocar algumas coisas em prática. Empatamos o jogo no segundo tempo, mas faltou a parte cirúrgica que o Corinthians teve", declarou.

"Aproveito para agradecer aos torcedores que vieram. Os jogadores ficaram muito motivados. A torcida saiu triste, mas ainda temos 33 rodadas. As coisas vão acontecer naturalmente", projetou o auxiliar de Milton Mendes.

O revés manteve o time carioca na parte inferior da tabela. O Vasco ocupa o 13º lugar, com seis pontos. Na próxima rodada, a equipe de São Januário enfrentará o Sport, no sábado, novamente em casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.