Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Auxiliar e jogadores do Fla dedicam título da Taça Rio a Abel Braga

Treinador não comandou o time à beira do gramado, diante do Vasco, após sofrer um mal súbito no meio da semana

Redação, Estadão Conteúdo

31 de março de 2019 | 19h26

Foi sofrido, mas o Flamengo se sagrou campeão da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Após ficar no empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, venceu o Vasco nos pênaltis por 3 a 1. Após a partida, o auxiliar técnico Leomir, que atuou como interino, dedicou a vitória a Abel Braga, que está se recuperando de um mal súbito sofrido na semana passada.

"Foi uma experiência ótima estrear assim como treinador. Estou feliz, mas o importante é que o Abel está bem, volta a trabalhar na segunda-feira. Sabíamos que seria um jogo complicado, por ser um clássico. Saímos atrás, conseguimos empatar e agora podemos comemorar", afirmou Leomir.

Destaques no duelo, o meia Arrascaeta - que marcou o gol de empate nos acréscimos do tempo regulamentar - e o goleiro César - que defendeu a última cobrança de Tiago Reis - comentaram sobre a confiança da equipe que não desistiu quando estava em desvantagem no duelo.

"Tudo passa pela confiança. Nunca abaixamos a cabeça e desistimos, por isso conseguimos vencer. Ganhar títulos como esse é sempre bom, agora o foco é ficar com a taça do Estadual. Vamos descansar nesse primeiro momento para depois pensar no Fla-Flu", disse Arrascaeta.

O goleiro César evitou assumir os louros da vitória, nas penalidades. "Eu não sou herói sozinho. Não é porque eu peguei o pênalti que os méritos pelo título é só meu, o time inteiro merece, ainda mais que muitos de nós de nós estava esperando uma oportunidade faz tempo. Não desistimos nunca, encaramos como uma grande decisão e graças a Deus conseguimos sair com a vitória", declarou o goleiro reserva do Flamengo.

O desfecho da Taça Rio foi muito positivo para o Fluminense, que seria eliminado do torneio caso o Vasco vencesse. Agora opõe nas semifinais do Campeonato Carioca o Flamengo e Fluminense e o Vasco terá como adversário o Bangu. Os dois jogos serão realizados no próximo final de semana.

Antes disso, na quarta-feira, o time rubro-negro enfrenta o Peñarol, do Uruguai, no Maracanã, em duelo da terceira rodada da primeira fase da Copa Libertadores. A novidade vai ser a volta de Abel Braga no banco de reservas. Ele volta a trabalhar nesta segunda-feira após ser internado por conta de um mal-estar sofrido justamente no clássico com o Fluminense, na quarta-feira passada - ele teve alta neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.