Avaí aposta na força do conjunto para surpreender o embalado São Paulo

O Avaí tem pela frente mais um grande desafio pelo Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense enfrenta o embalado São Paulo, pela oitava rodada da competição, a partir das 16 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista. Para este duelo, o time comandado pelo técnico Gilson Kleina aposta na força da marcação e nos bons resultados obtidos pela equipe até aqui, entre eles uma vitória sobre o Goiás por 1 a 0 na sexta rodada, que mantêm o time em uma posição intermediária na tabela de classificação.

Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 09h05

O elenco do Avaí trabalhou forte no Costão do Santinho antes da partida contra o São Paulo. A atividade coletiva praticamente definiu a equipe que entrará em campo no Morumbi. Apostando na manutenção da sua formação, o técnico fez duas alterações apenas no grupo titular por conta das suspensões de Jeci e Renan, que receberam cartão amarelo.

Com problemas particulares, o volante Eduardo Costa não trabalhou com o grupo. Ao longo do treinamento, Gilson Kleina apostou na repetição do time. Como não pode contar com Jeci e Renan, o técnico definiu que Antonio Carlos retorna naturalmente ao seu posto de titular e Adriano assume o lugar deixado por Renan.

"Adriano vem treinando bem como o próprio Antonio, que saiu com cartão. Temos esse rodízio, fazendo reposição. Importante é o trabalho, o preparo. Sabemos que vamos pegar um meio campo com muita qualidade, a gente vai ter que ter mobilidade na marcação mais encurtada para que a gente imponha nosso jogo também no Morumbi", afirmou Gilson Kleina.

O lateral-esquerdo Romário também credita ao conjunto a força da equipe fora de casa. Com forte marcação e um time veloz, a equipe tem se doado coletivamente em busca da vitória. E conseguiu contra Coritiba e Goiás, nas duas últimas rodadas longe de seus domínios.

"Um momento bom, nem o melhor torcedor do Avaí esperava. Superamos as expectativas e agora é esperar manter o ritmo e poder continuar na parte de cima da tabela. O conjunto, esse tem sido nosso diferencial, a força de todos em achar que podemos fazer os três pontos. Isso é que é importante nesse jogo. Acredito que somar pontos é importante, é um campeonato de regularidade", analisou Romário.

Gilson Kleina sabe das dificuldades de enfrentar um adversário forte e embalado dentro dos seus domínios, mas também sabe que uma vitória fora de casa pode colocar seu time em outro patamar no Brasileirão.

"Série A é assim. Nós temos que entender que fazemos parte do contexto da Série A e, assim, buscar uma ambição cada vez maior", completou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoAvaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.